Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PINGOS ONLINE (aetcf)

Jornal Online-Divulgação de informação e atividades em tempo real das Escolas do AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE TONDELA CÂNDIDO FIGUEIREDO-Rua António Quadros nº 9 - 3460 - 521 Tondela; Telefone: 232 819 050

PINGOS ONLINE (aetcf)

Jornal Online-Divulgação de informação e atividades em tempo real das Escolas do AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE TONDELA CÂNDIDO FIGUEIREDO-Rua António Quadros nº 9 - 3460 - 521 Tondela; Telefone: 232 819 050

Projeto "Ciência na Escola" Fundação Ilídio Pinho - Cerimónia de entrega de prémios de passagem à 2ª fase

15.01.16 | pingosonline

CERIMÓNIA . PRÉMIOS ILIDIO PINHO.jpg

Com a presença da delegada regional da educação e do presidente da Fundação Ilídio Pinho, decorreu, no dia 13 de janeiro, às 9:30, no auditório do Conservatório de Música de Coimbra, a cerimónia de entrega de prémios relativa à passagem à segunda fase.  
Nesta cerimónia, como forma de reconhecer o trabalho desenvolvido, foram apresentados dois projetos vencedores na anterior edição e divulgados os projetos premiados  nas últimas edições, tendo os nossos projetos premiados anteriormente merecido destaque nessa divulgação.

Nesta edição, mais uma vez, o Agrupamento de Escolas de Tondela Cândido Figueiredo foi distinguido com a seleção de mais 3 novos e inovadores projetos, dentro do 1º, 4º  e 5º escalão.

1º escalão - Jardim de Infância de Canas de Santa Maria

Projeto - Mãos na terra! - Coordenadora - Ana Isabel Carvalho

4º escalão - Escola Secundária de Molelos

Projeto – De pequenino se torce o barro!  - Coordenadora – Isabel Viegas

5º escalão - Escola Secundária de Molelos

Projeto -  (Re)valorizar os recursos endógenos

Coordenadora - Catarina Nadais/Carla Filipe

1º escalão - Jardim de Infância de Canas de Santa Maria

Projeto - Mãos na terra! - Coordenadora - Ana Isabel Carvalho

 O brincar livre está a ocupar cada vez menos espaço no quotidiano das crianças. O tempo espontâneo, do lazer, do bem-estar, da aventura, do risco, da exploração do espaço físico natural, deram lugar ao tempo organizado, planeado, uniformizado, esquecendo que a brincar também se aprende. Este projeto pretende modificar esse paradigma. Com a utilização de uma cozinha de lama, criada e montada no exterior, as crianças brincam e aprendem utilizando elementos naturais como a água e o solo.

4º escalão - Escola Secundária de Molelos

Projeto – De pequenino se torce o barro!  - Coordenadora – Isabel Viegas

Duas turmas do 7º ano vão conhecer os recursos, argila e o colmo, produtos endógenos da região, valorizando-os como recursos da Natureza e utilizá-los, respeitando os direitos de todos, sem a comprometer,  nem às gerações futuras. Os alunos vão obter informação, selecioná-la, planear/projetar, trabalhar em grupo e em articulação com outros níveis de ensino e saberes, executar e avaliar.

O projeto visa a criação de um sistema de peças (blocos) que combinam e encaixam, permitindo inúmeras combinações e construções de forma a desenvolver a criatividade, a autonomia e a destreza de crianças em idade pré-escolar, de modo a obter um recurso sustentável e didático-pedagógico.

5º escalão - Escola Secundária de Molelos

Projeto -  (Re)valorizar os recursos endógenos

Coordenadora - Catarina Nadais/Carla Filipe

O projeto “(Re)valorizar os recursos endógenos” é desenvolvido pelos alunos do curso profissional de Turismo Ambiental e Rural. Este tem como objetivos conhecer os produtos da região e reinterpretar algumas das suas utilizações, assim como propor novas formas para a sua aplicação. Numa primeira fase, os alunos terão de inventariar produtos de origem rural, conheçam onde e como se produzem, entrando em contacto direto com os agentes. Posteriormente, num modelo de “oficinas”, e em equipas, os alunos serão desafiados a pensar em novas formas de uso, aplicando técnicas capazes de os valorizar e desenvolver.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.